• Mauro Neto

Meio milhão de pessoas demitidas

Ninguém gosta de falar sobre crise. Há dois tipos de comentários/comportamento: o otimista e o pessimista. Comerciantes que não param de falar: "Comércio fraco", "Não tá vendendo nada", "Preciso ganhar na mega sena". Ou você encontra o super otimista: "Está tudo a mil", "Quase não tenho estoque, vendo tudo, parece uma black friday todos os dias". O exagero é em ambas partes, mas qual a realidade na construção civil?

500 mil pessoas foram demitidas, somente neste ano, nas grandes construtoras. Clique aqui para ver a reportagem no Estadão. Os dados são de empresas que estiveram envolvidas no escândalo da lava jato, ou seja, corrupção. Quem mais sofre com isso? Os trabalhadores que estão sem emprego.


O que irá acontecer com tanta gente demitida?


Não é preciso ser nenhum gênio para deduzir: o momento é uma oportunidade. O principal fator de sucesso de uma empresa, organização, são os seus funcionários. A qualidade de serviço que eles prestam. Temos 500 mil pessoas qualificadas no mercado esperando por uma oportunidade, e, repetindo, mão-de-obra qualificada é o principal fator de sucesso para um empreendimento.

Jogo rápido:

1- Cidade do sul contrata 1.436 pessoas a mais do que ano passado na Construção Civil. Reportagem.

2- Custos com a construção civil aumentou 0,27% em Outubro desse ano. Considerando desde janeiro está em 5,14%. Sendo o custo da construção por metro quadrado em R$ 957,00, desse montante R$ 513 para materiais e R$ 446,00 mão de obra. SINAPI.

#Crise #Oportunidade #SaindoDaCrise #GoWorker

Post em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Tags